Foto: Ola Persson

Uma das top 10 perguntas que me fazem aqui no blog, ou mesmo na vida real, é relacionada à telefonia celular. É claro, ficar longe de casa já espanta, imagina ainda se ficar sem celular! Nos dias de hoje, não dá mesmo para viver sem ele. Assim, para ajudar todos os aspirantes a intercambistas, os intercambistas já em atividade, os viajantes ou o pessoal que já fechou o intercâmbio com o STB e só está esperando colocar as meias na mala, preparei um apanhado de algumas opções de telefonia celular em Nova York (e possivelmente válidas para o resto dos Estados Unidos).

Então se você quer saber como se comunicar com o Brasil via celular nos Estados Unidos, prometo tentar tirar suas dúvidas. Ou pelo menos te dar algumas – várias – opções para manter contato com seu pessoal.

Para quem já tem Nextel no Brasil, dependendo do plano, vale a pena continuar pagando e trazer o celular para cá. Isso porque de Nextel para Nextel a ligação é gratuita mesmo estando em outro país. Isso tanto para você fazer a ligação dos EUA para o Brasil como para alguém que tem Nextel lá no Brasil também te ligar. Muito estudante internacional aqui costuma ter dois celulares, um Nextel para falar com a família e com os amigos e um celular local para ligações dentro dos EUA. (Visite o site da Nextel aqui!)

Mas já se sua família tem Tim no Brasil, a operadora acabou de lançar uma opção para os brasileiros que estão morando no exterior. Funciona assim: você cadastra seu novo telefone internacional e seus pais/familiares/amigos cadastram o celular Tim deles no plano My Line. É um serviço de comunicação ilimitada entre dois números de telefone, um celular Tim no Brasil e outro número fixo ou celular no exterior. As ligações ilimitadas podem ser feitas apenas entre o número de celular Tim no Brasil e o número do exterior. Se você é do tipo grudado na família e fala sem parar, é uma excelente opção para quem tem Tim, pois o valor é de apenas US$25 por mês. (Visite o site do My Line Tim aqui!)

Imagem: Getty Images

Outra opção, que é uma das mais populares entre os estudantes aqui nos EUA, é o celular da operadora Metro PCS. É um custo benefício excelente, e o melhor: sem contrato. Isso quer dizer quenão é necessário assinar aqueles contratos de 2 anos e ficar preso à operadora, ou ter que pagar multa para encerrar o contrato caso você retorne para o Brasil. E planos com ligação, mensagem e internet, tudo ilimitado, custam US$40. Para adicionar ligações internacionais ilimitadas, custa mais US$10 por mês. (Visite o site da Metro PCS aqui!)

Eu recomendo o Metro PCS para quem vai ficar no país por mais de 2 meses, pois é necessário comprar o celular da operadora (os celulares variam de US$29 à US$299). Se for apenas uma viagem de até 2 meses, indico trazer um celular desbloqueado e comprar um chip pré-pago na AT&T.

Agora, a resposta à pergunta que todos querem saber: e se eu quiser comprar um iPhone?

O iPhone é realmente bem mais barato aqui nos EUA do que no Brasil. Por exemplo, agora que o iPhone 4 saiu, o iPhone 3GS está sendo vendido na AT&T por apenas US$49! Mas existem diversos poréns… Primeiro, assim como no Brasil, para comprar um iPhone por esse preço de desconto é necessário assinar um contrato de 2 anos com a operadora. Hoje, existem apenas duas operadoras que vendem o iPhone: a AT&T e a Verizon. Caso você não fique no país por 2 anos, não vale a pena, já que terá que pagar o plano do iPhone todo mês ou multa por romper o contrato. Além disso, também existe uma taxa de US$500 a ser paga como prova de crédito: essa taxa é devolvida após um ano pagando as contas direitinho. Ou seja, o paraíso dos iPhones não é bem um paraíso assim… (Visite o site da AT&T aqui! E também da Verizon!)

Mas caso o seu intercâmbio seja de longa duração, para uma faculdade ou pós-graduação, eu super indico e, como usuária do iPhone, garanto: não há melhor celular.